O setor de tecnologia do Baixaki cresceu muito e com a parceria estabelecida com fabricantes de renome, nosso portal garantirá a análise de diversos novos aparelhos. A cada dia estamos procurando novas maneiras de realizar testes com diferentes produtos eletrônicos para levar até o público as reais capacidades, vantagens e possíveis problemas que o usuário pode ter com determinados aparelhos.

Já fizemos algumas análises com smartphones, mas até o momento estava faltando testes com um celular equipado com o Windows Mobile. Através de uma nova parceria, iremos testar e divulgar todos os resultados e características dos aparelhos da HTC — uma das maiores fabricantes de celulares no mundo (confira aqui a análise do HTC Touch Pro). Hoje mostraremos tudo que o poderoso HTC Touch Diamond tem a oferecer e, obviamente, o que ele deixa de fornecer ao usuário. Antes vamos conferir as especificações deste aparelho.

Tabela de especificações do HTC Touch Diamond

Embalagem e acessórios

Quem ainda não conhece os aparelhos da HTC talvez não saiba o luxo que os smartphones da fabricante trazem. Como o próprio celular é desenvolvido para um público mais exigente, a embalagem segue o padrão dos usuários que procuram por um aparelho de primeira classe. A caixa é totalmente preta e traz apenas imagens ilustrativas do Diamond.

A caixa mostra o luxo do Diamond

Ao abrir a embalagem, o usuário se depara com o celular encaixado numa moldura. Abaixo do celular estão os demais acessórios, como: cabo de dados, fones de ouvido e outros. Neste aspecto a HTC capricha muito, mas não faz tão bonito como poderia. Se comparar a caixa da HTC com uma da LG, o usuário tem a impressão de que o smartphone da HTC oferece qualidade semelhante aos das concorrentes.

O primeiro contato

Ligar o HTC Touch Diamond pela primeira vez é um momento e tanto. Na inicialização do aparelho aparece logo o nome do celular e em seguida uma tela exibie uma barra de carregamento do Sistema Operacional. Por trazer o Windows Mobile, o Diamond acaba decepcionando o usuário com o longo tempo de carregamento. Em nossos testes, verificamos que o Touch Diamond demora aproximadamente 1 minuto e 30 segundos para inicializar (incluindo o Windows e a Interface 3D).

Confortável e bonito

Por se tratar de um celular touchscreen, a HTC incluiu uma caneta na embalagem do produto. Utilizar o aparelho com a caneta é relativamente fácil, mas não muito confortável. Em alguns momentos a pressão exercida através da caneta não é suficiente, enquanto que ao utilizar o dedo fica muito mais fácil abrir, e navegar em, qualquer aplicativo.

Interface: TouchFLO 3D

A HTC inventou um sistema próprio para controle dos recursos touchscreen dos seus aparelhos, o qual recebeu o nome TouchFLO. O HTC Touch Diamond possui uma versão aprimorada do TouchFLO, que é a tridimensional. A principal diferença entre o TouchFLO e o TouchFLO 3D está na possibilidade de visualizar animações tridimensionais e em alguns movimentos para utilização do aparelho.

Abuse do zoom em suas fotos

No HTC Diamond o TouchFLO 3D mostrou-se um recurso muito confortável e útil. Ele está presente na tela inicial, na navegação em páginas da internet, na visualização de fotos e muito mais. Os gestos para usar o TouchFLO 3D são bem simples, sendo possível navegar, usar zoom e abrir menus sobre links. Vale frisar que os movimentos do TouchFLO são diferentes dos usados no iPhone, por isso o usuário que tenta usar os mesmos gestos acaba não conseguindo fazer o que deseja.

Tela e recursos touchscreen

Como já citado, o aparelho traz uma caneta, mas também aceita a utilização dos dedos para navegação. Contudo, o touchscreen do Diamond pode ser um bocado impreciso. Devido ao tamanho reduzido da tela e à utilização do Windows Mobile, o usuário acaba tendo problemas para acessar os itens do Menu Iniciar. Para navegar entre os programas e utilizar os recursos touchscreen não há grande dificuldade, porém quem usar os aplicativos (ou o menu Iniciar) da Microsoft pode ter problemas se não usar a caneta stylus.

Usar a caneta Stylus pode ser a melhor solução

Sistema Operacional e aplicativos

A inclusão do Windows Mobile no HTC Touch Diamond é algo que faz toda a diferença. Por ser um sistema conhecido e compatível com diversos aplicativos, o consumidor não terá dificuldades ao instalar outros programas e utilizar os recursos do aparelho. O Windows Mobile que acompanha este smartphone é o 6.1 e seu funcionamento lembra muito seu parente da versão Desktop. É uma pena que falte a versão 6.5 no aparelho, a qual é bem mais rápida e fácil de ser usada.

Equipado com Windows Mobile 6.1

Obviamente, o Windows Mobile traz por padrão aplicativos da Microsoft, como: Internet Explorer, Windows Media Player e o pacote portátil do Office. Testamos todos os aplicativos padrão e também os programas extras. Para navegar, o Internet Explorer é simples um aplicativo medíocre, que deixa o usuário irritado com as páginas totalmente desfiguradas.

A suíte de aplicativos Office Mobile é muito boa, porém não serve para ser utilizada na hora de digitar textos e montar planilhas. Devido à falta de um teclado físico, o usuário possui pouco espaço para visualizar o espaço disponível para edição de documentos. Sendo assim, Word, Excel e PowerPoint do HTC Diamond são mais úteis somente para visualização de documentos. O leitor de PDF incluso no pacote é bem rápido e fácil de usar e garante uma experiência confortável na hora da leitura de arquivos portáteis.

Jogos

Como todo smartphone, o HTC Touch Diamond não poderia deixar de oferecer alguns jogos. Este celular traz três deles: Paciência, Bubble Breaker, e Teeter (um jogo que utiliza o acelerômetro). É evidente que o HTC Diamond suporta outros jogos, mas não instalamos outros games. Entre os que acompanham o aparelho, ficamos muito impressionados com o Teeter.

Jogos no HTC Touch Diamond

No Teeter, o acelerômetro mostrou-se muito eficiente e a qualquer milímetro que o usuário mova o celular, o sensor de movimentos o detecta facilmente, movendo a bolinha na tela. Além disso, no jogo Teeter, o Diamond imita a realidade, fazendo com que o smartphone vibre e faça barulho nos lugares onde a bolinha bate.

Bateria

Testamos de diversas maneiras a bateria do HTC Touch Diamond, afinal smartphones que não garantem um longo tempo de conversação, ou utilização, podem ser decepcionantes. Realizar estes testes foi relativamente fácil: bastou carregar totalmente a bateria (com o aparelho desligado) e então utilizá-lo cronometrando o tempo.

Conversação é um ponto forte do aparelho e o usuário que gosta de falar não deve ter problemas com nível baixo de bateria durante as ligações. Em nossos testes, o HTC Touch Diamond chegou a durar 5 horas e 12 minutos durante uma ligação através de rede GSM — valor um pouco abaixo do prometido, mas impressionante quando comparado a outros smartphones.

Quando se trata de utilização normal em jogos, imagens (utilização da câmera) e navegação, o tempo de duração da bateria pode reduzir drasticamente. Evidentemente, quem utiliza internet via Wi-Fi a todo tempo e mantém o brilho da tela no máximo obtém bem menos tempo do que usuários que usem o aparelho com moderação. Em nossos testes a bateria do HTC Diamond durou aproximadamente 5 horas na rede Wi-Fi.

Câmera

O HTC Touch Diamond possui uma câmera de vídeo de 3 Megapixels com foco automático. Testamos esta câmera de diversas maneiras, tanto com vídeos como com imagens. Para fotos diurnas, ela mostra-se uma excelente opção, capturando muito bem os detalhes e distorcendo muito pouco os elementos mais escuros (como as sombras) da foto.

Câmera perfeita para ambientes bem iluminados

Em ambientes com pouca luz ou em fotos noturnas a câmera deixa muito a desejar, pois não possui flash e não capta com perfeição as imagens. Aproveitando o teste da câmera, utilizamos o zoom para verificar a qualidade das fotos. Em qualquer uma das ocasiões o resultado com zoom foi decepcionante, o que mostra que o zoom digital não tem utilidade alguma em nenhuma ocasião.

Som

Um dos recursos que tínhamos curiosidade para utilizar era o player de música. Passamos as músicas via cabo USB para o aparelho, as quais ficaram armazenadas na memória de 4 GB. Testamos a reprodução de som pelo player padrão e pelo Windows Media Player. Ambos mostraram ser capazes de reproduzir as músicas com fidelidade e qualidade, porém no que diz respeito ao alto-falante, ficamos bem decepcionados com o baixo nível de volume.

Player padrão de música

A reprodução de música e rádio com a utilização de fones de ouvida é muito boa, até porque o aparelho permite configurar a equalização so som e usar o reforço de graves — neste aspecto, ponto positivo para HTC. O aplicativo para rádio FM do HTC Diamond é muito bom e sintoniza muito rápido as rádios, entretanto, como todos os aparelhos do mundo, o Diamond também precisa do fone de ouvido para sintonizar as rádios.

Vídeo

Por usar o Windows Mobile, o HTC Diamond possui suporte para reprodução de quase todos os tipos de vídeo. Seja MP4, H264, MOV ou outros, certamente o aparelho não irá decepcionar. Vale frisar que para alguns tipos de vídeo são necessários aplicativos diferentes — ou codecs que permitam a execução através do Windows Media Player. A resolução da tela ajuda muito na hora da reprodução, porque o usuário consegue visualizar muito mais detalhes do que em outros aparelhos. Falando em vídeo, confira o de divulgação do aparelho: