(Fonte da imagem: Divulgação/Anatel)

O Brasil tem hoje muito mais celulares ativos do que habitantes. Segundo informações divulgadas pela Anatel nesta semana, ao final do mês de junho haviam 256 milhões de linhas habilitadas, o que resulta em uma densidade de 130,44 acessos a cada 100 habitantes.

Em relação ao mês de maio, foram registradas 1,18 milhão de novas habilitações, o que corresponde a um crescimento de 0,46%. Além dos novos números telefônicos, os aparelhos habilitados para o uso de 3G também aumentaram, chegando à marca de 48,69 de unidades de acesso.

Os estados com maior densidade de aparelhos são Distrito Federal (2,2 por habitante), São Paulo (1,5 por habitante) Rio de Janeiro, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Goiás (1,4 por habitante). O maior crescimento no último mês foi registrado na Paraíba, com um aumento de 1,86% no número de novas linhas.

Os planos pré-pagos correspondem a 81,68% das linhas habilitadas enquanto os pós-pagos representam 18,32%. O maior índice de adoção da modalidade pré-pago é no Maranhão, onde 93,64% dos usuários têm aparelhos com esse plano. Já o Rio Grande Sul é o estado onde há maior incidência de uso dos planos pós-pagos, que correspondem a 26,4% das habilitações.

Participação das operadoras

A Vivo continua sendo a empresa com maior número de consumidores no país. Sua participação no mercado representa 29,56%, o que corresponde a 75,7 milhões de linhas habilitadas. A TIM diminuiu a distância em relação à ponta, mas permanece em segundo com 26,89%, o equivalente a 68,8 milhões de linhas habilitadas.

A Claro está em terceiro lugar, com 24,58% do mercado e uma base de 62,9 milhões de clientes. A Oi é a quarta colocada, com 18,65% das linhas disponíveis no Brasil, o que corresponde 47,7 milhões de consumidores. CTBC e Sercomtel, juntas, somam 0,31%.

Fonte: Anatel

Cupons de desconto TecMundo: