Em breve, o SIM card ficará ainda menor (Fonte da imagem: The Verge)

Atualmente, os smartphones mais recentes requerem o uso de chips telefônicos de tamanho reduzido, chamados de Micro-SIM. Agora, a indústria tenta aprovar um novo modelo, ainda menor. Porém, nos últimos meses, pelo menos dois grupos concorrentes têm tentado empurrar o que acham ser a melhor proposta para o desenvolvimento do Nano-SIM.

Além da Apple, está na briga uma equipe formada por três grandes companhias: Motorola, RIM (Blackberry) e Nokia. E foi justamente a Motorola e a RIM que apresentaram, conjuntamente, uma nova proposta para o Instituto de Padrões das Telecomunicações Europeias (ETSI), órgão responsável por definir como serão os chips usados pelo mundo todo.

Na última reunião, em março, os dois grupos apresentaram seus projetos, mas as empresas votantes não conseguiram decidir por um dos padrões. Embora o modelo proposto pela Apple tenha recebido três votos a mais, ficou claro que o comitê estava dividido entre as implementações. Por isso, Motorola e RIM resolveram unir esforço e reapresentar uma iniciativa, revisada, que apresentasse elementos tanto da Apple quanto de suas concorrentes.

Ilustração da proposta enviada pela Motorola e RIM (Fonte da imagem: The Verge)

De acordo com o site The Verge, o novo modelo possui 80% da proposta apresentada pela Maçã, que garante a compatibilidade com dispositivos mais antigos caso algum tipo de adaptador seja utilizado. Na verdade, o único elemento novo que a Motorola e a RIM adicionaram foi um encaixe em um dos cantos, que possibilitaria o uso de mecanismos do tipo push-push. Para quem não conhece o termo, esse é o mesmo tipo de mecanismo usado em cartões de memória e canetas com ponta retrátil.

A próxima votação deve acontecer nos dias 31 de maio e 1º de junho, na cidade de Osaka, no Japão. O futuro do seu próximo chip de celular está perto de ser decidido e, em breve, o resultado dessa "eleição" aparecerá aqui no Tecmundo.

Fonte: The Verge

Cupons de desconto TecMundo: