(Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail)
De acordo com especialistas em estética, o crescente uso de smartphones e laptops em nossa sociedade tem aumentado o número de casos de “papada” e bochechas caídas entre os usuários desses dispositivos. Isso aconteceria porque, para utilizar os aparelhos, as pessoas inclinam o rosto para baixo, fazendo com que a gravidade haja sobre as suas peles.

O fenômeno, chamado de “smartphone face” (ou rosto de smartphone), é apontado como uma das principais causas do recente aumento no número de cirurgias plásticas no queixo. Segundo dados da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS, na sigla em inglês), esse é o tipo de cirurgia que mais cresce nos Estados Unidos, sendo que em 2011 o seu crescimento superou o de implantes nos seios, lipoaspirações e botox combinados.

Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, o médico Mervyn Patterson, do Woodford Medical Group, afirmou que o mal também pode ser causado pela postura incorreta das pessoas. “Se você se sentar por horas com a sua cabeça levemente inclinada para frente, seja para visualizar a tela de seu iPhone ou de seu notebook, a força gravitacional sobre a região das bochechas aumenta, ocasionando as famosas bochecas caídas”, explicou.

Como o número de pessoas que trabalham com computadores e laptops tende a aumentar, a previsão é que o problema atinja ainda mais pessoas no futuro. Para evitar isso, os médicos recomendam que as pessoas atentem para a postura e que evitem inclinar a cabeça para baixo na hora de utilizar o seu smartphone.

Fonte: Daily Mail

Cupons de desconto TecMundo: