Venda de smartphones no Brasil deve crescer 73%, de acordo com IDC (Fonte da imagem: iStock)

Em 2011, o Brasil vendeu 8,9 milhões de smartphones. Agora, de acordo com o International Data Corporation (IDC), as estimativas são de que essas vendas aumentem 73%, o que nos levaria à impressionante marca de 15,5 milhões de aparelhos comercializados neste ano. Em uma projeção antecipada apresentada pelo IDC à Folha, a expectativa é de que as lojas “tupiniquins” vendam 29 smartphones por minuto para seus clientes.

Aparentemente, há três grandes fatores que contribuem para esse aumento expressivo. Para começar, o preço dos aparelhos tem caído graças à ampliação da linha de modelos das empresas, que agora podem focar em smartphones mais baratos. No ano passado, o preço já caiu 20% e, acredita-se que neste ano ele fique 6% mais baixo.

Além disso, as operadoras de telefone têm oferecido planos de dados cada vez mais em conta, incluindo até mesmo opções para quem usa o sistema pré-pago. E, para completar o quadro, a afinidade do brasileiro com dispositivos eletrônicos tem crescido muito. Se continuarmos assim, chegaremos à quarta posição global, em 2016, no quesito mercado de smartphones.

Segundo a IDC, apenas os celulares com sistemas operacionais, como Android e iOS, foram levados em consideração para a pesquisa. Além disso, a organização acredita que a principal mudança do mercado em 2012 ficará a cargo da China, graças à produção dos tais “celulares inteligentes” de baixo custo, fabricados por gigantes como Huawei, ZTE e Lenovo.

Cupons de desconto TecMundo: