(Fonte da imagem: Divulgação/Nokia)

A velocidade com que novos aparelhos celulares aparecem no mercado anda tão rápida que fica realmente difícil de acompanhar todos os lançamentos. E, ainda mais difícil do que isso é saber qual a hora certa que trocar de smartphone realmente vai valer a pena.

Um dos itens mais importantes de qualquer aparelho hoje é a velocidade do processador. Aparelhos com um, dois ou até quatro núcleos já estão disponíveis no mercado. A melhor maneira de acompanhar se o seu atual ainda tem potência suficiente é utilizando o software Quadrant (no iOS, uma opção é o Linpack; no Windows Phone, use o WP Bench), que faz alguns testes no aparelho e mede toda a força de processamento. O resultado então pode ser comparado com outros aparelhos disponíveis no mercado.

A bateria também é outro item importante e que envelhece junto com o celular. Uma bateria comum dura pouco, de um a dois anos, suportando aproximadamente 500 ciclos de carregamento até começar a dar sinais de desgaste. Para saber se a sua bateria não é mais a mesma de quando o aparelho foi comprado, faça um teste simples. Carregue o aparelho desligado por aproximadamente seis horas e então o religue. Se o indicador de bateria não estiver em 100%, é hora de trocar.

Por fim, outro item que sempre é levado em consideração ao medir a performance de um smartphone é a velocidade do navegador, como nesse teste entre o iPhone e o Lumia 800. As ferramentas  SunSpider ou V8 JavaScript (disponíveis para iOS e Android) irão ajudar você a saber em qual ponto o seu aparelho está em comparação com os melhores.

Cupons de desconto TecMundo: