Linha Galaxy impulsionou vendas da Samsung (Fonte da imagem: Reprodução/Samsung)

A Samsung já pode comemorar vitória: é a maior fabricante de smartphones do mundo, considerando o último trimestre de 2011. Além disso, a participação no mercado do sistema Android alcançou 52,5% das vendas pela primeira vez. As informações foram apresentadas pela Gartner.

Segundo os analistas da empresa, o forte crescimento nas vendas da Samsung é atribuído ao desempenho da linha Galaxy, que possui modelos de diversos preços e não conta com muitos concorrentes. Ao todo foram vendidas 24 milhões de unidades de smartphones pela empresa no período. E é a primeira vez que a empresa supera a Nokia na Europa Ocidental e Ásia no número total de aparelhos.

Foram vendidos ao redor do mundo 115 milhões de smartphones, em parte devido ao impulso de China e Rússia, que ajudaram a aumentar o volume global no trimestre.

Brasil cresce aos olhos da Apple

Em segundo lugar entre os smartphones ficou a Apple, com 17 milhões de iPhones vendidos, um aumento anual de 21%, mas uma queda de 3 milhões de unidades em comparação ao segundo trimestre do ano. Para os analistas, o quarto trimestre promete ser melhor para a empresa da Maçã, por causa dos bons índices de venda do iPhone 4S.

Segundo a consultoria, países emergentes como Brasil, México, Rússia e China estão se tornando mais importantes para a Apple, e já representam 16% das vendas globais dos seus smartphones, devido ao corte de preços dos modelos 3GS e 4.

Nokia ainda é a maior fabricante

Considerando todos os tipos de modelos, a Nokia ainda é a maior fabricante de celulares do mundo, mesmo com o decréscimo de 5% na fatia do mercado em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas em países emergentes com modelos de dois chips foram fundamentais para a manutenção de sua liderança. A empresa detém 23,9% das vendas globais.

O lançamento da linha Lumia, em parceria com a Microsoft, deve trazer melhorias no quarto trimestre para a Nokia, e analistas esperam uma reviravolta nas vendas da empresa para a metade de 2012.

Cupons de desconto TecMundo: