Hoje em dia, não é difícil que você encontre pessoas na rua ou no transporte público acompanhando algum tipo de vídeo na tela do celular. A mania pode ter começado com clipes curtos, mas evoluiu para esquetes de comédia, capítulos de seriados, episódios de novela e até filmes inteiros. Um estudo recente mostra que, por mais que as TVs fiquem maiores e melhores, estamos cada vez mais recorrendo às telinhas dos celulares para curtir o nosso entretenimento em vídeo.

A pesquisa feita pela Ooyala abrange o primeiro trimestre de 2017 e indica que nunca se assistiu a tanto conteúdo nas plataformas mobile como agora. Como é? Duvida? Bem basta entender que, apenas durante os três primeiros meses deste ano, 57% de todo o conteúdo em vídeo consumido no mundo foi visto em smartphones. Se mirarmos alguns países da Ásia, então, esse número cresce ainda mais, podendo chegar a 61% em determinados locais.

Quanto tempo você passa assistindo a vídeos no celular?

55% de todo material em vídeo tem 20 ou mais minutos de extensão

Como se isso não fosse impressionante o bastante, o mesmo levantamento diz que, ainda que os clipes curtos tenham mais chances de ser consumidos de forma imediata, o tamanho da produção não tem se revelado um problema para os espectadores de bolso. Ao que parece, 55% de todo material em vídeo reproduzido nos telefones inteligentes tem 20 ou mais minutos de extensão. Vale notar, no entanto, que esse pode ser um comportamento do usuário, já que essa taxa teve um crescimento de 26% em relação à medição de 2016.

O estudo não diz se isso é um reflexo da adoção de telas maiores – acima de 5 polegadas – pelo mercado mobile, dos planos de dados mais encorpados ao redor do mundo, da prática cada vez maior de consumir conteúdo a caminho da escola ou do trabalho ou se tem relação com aplicativos como Netflix facilitarem o download de algumas de suas produções para exibição offline. Qual é o seu palpite? Você tem o costume de assistir a muitos vídeos e filmes no smartphone? Deixe a sua opinião sobre o tema mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: