O Zoom divulga mensalmente a lista de smartphones mais buscados no Brasil através de sua plataforma, e esse top 10 acabou se tornando basicamente um benchmark para o mercado entender quais são as marcas e as categorias que mais estão chamando a atenção dos consumidores. Em janeiro, a Samsung emplacou 5 posições na lista, mas quem ficou em primeiro lugar foi o intermediário da Motorola/Lenovo, o Moto G4 Plus.

A marca coreana é a que mais aparece na lista

Esse líder não é exatamente novo, e não temos nenhum lançamento recente entre os 10 mais buscados do mês pelos consumidores. Vale destacar ainda que o Moto G4 Plus está com uma variação de preço relativamente alta, especialmente na comparação com o segundo colocado, o Galaxy J7 Prime, da Samsung.

Falando em Samsung, a marca coreana é a que mais aparece na lista, com cinco aparelhos, e quase todos eles são integrantes da linha Galaxy J. Um dos modelos da empresa, o da quarta colocação também é o dispositivo com a maior variação de preço: 173%.

O Zoom alerta que esse levantamento foi feito em 19 de janeiro. Por isso, os preços mínimos e máximos já podem estar diferentes.

Intermediários

É curioso notar que todos os celulares da lista deste mês são intermediários, exceto pelo Galaxy On 7,  da Samsung, que vem na última colocação. Dispositivos top de linha mais populares, como o Galaxy S7, iPhones 7 e Moto Z já não aparecem mais, dando a entender que, em janeiro, o mercado fica focado novamente no básico.

Mesmo assim, isso não quer dizer que o segmento está em crise. De acordo com o diretor executivo do Zoom, Thiago Flores, o mercado está indo melhor do que se imagina. “O mercado de smartphones está bem aquecido nesse início de ano, e as previsões divulgadas pela IDC reforçam isso. A consultoria estima que as vendas desses aparelhos crescerão 3,5% em 2017. O lançamento de novos aparelhos pode impactar em mais diversidade de modelos no ranking de smartphones mais buscados por conta do aumento de portfólio na categoria”, analisou Flores.

Cupons de desconto TecMundo: