Dias depois de rumores e vazamentos de benchmarks, a Samsung confirmou o lançamento de mais um smartphone. Trata-se do Galaxy J3 Pro, uma versão turbinada do Galaxy J3 (2016) em memória, armazenamento interno e câmeras. Ainda assim, o dispositivo segue sendo uma opção para o mercado intermediário.

A atualização mais significativa aconteceu nas duas câmeras do celular. De 2 MP, a câmera frontal passou para 5 MP, garantindo selfies de maior resolução. Já a câmera traseira passou de 5 MP para 8 MP, tendo f/2.0 de abertura. A memória RAM subiu de 1,5 RAM (no Galaxy J3 tradicional deste ano) para 2 GB, enquanto o armazenamento interno sobe de 8 GB para 16 GB (com suporte para cartão micro SD para expandir esse número ainda mais).

No visual, o material utilizado continua sendo o policarbonato, mas o Galaxy J3 Pro conta com um visual mais "elitizado" que o tradicional. A ideia é imitar carcaças metalizadas, inclusive no brilho e nas bordas. Os únicos poréns são que a bateria permanece igual, embora o consumo possa aumentar com as novas especificações, e na versão do Android, que ainda não carrega o Marshmallow de fábrica.

O visual que imita metal é mais elegante

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android Lollipop 5.1.1
  • Tela: 5" Super AMOLED HD (720x1280 pixels)
  • Processador: Snapdragon 410 quad-core 64 bits de 1,2 GHz
  • GPU: Adreno 306
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB (suporta cartão micro SD)
  • Câmeras: 8 MP (traseira) e 5 MP (frontal)
  • Bateria: 2.650 mAh
  • Conectividade: WiFi, 3G, 4G, Bluetooth 4.0, micro USB, Dual-SIM

Disponibilidade

O Galaxy J3 Pro será lançado inicialmente apenas na China e não há previsão de chegada do dispositivo para outros mercados. Vendido em dourado e cinza, ele chega às prateleiras no final de junho por 990 yuan (o equivalente a R$ 528). A versão Galaxy J3 (2016) chegou ao Brasil em março por R$ 999.

Cupons de desconto TecMundo: