Se você já perdeu um smartphone ou teve um aparelho roubado, saiba que você não está sozinho nessa... De acordo com um estudo publicado pela Kaspersky Lab e pela B2B International, cerca de 14% dos usuários já tiveram aparelhos perdidos ou roubados em 2015. Se levarmos isso para a população de 16 a 24 anos, essas situações atingem mais de um quarto dos usuários — sendo que a perda de aparelhos representa 17% dos consumidores e os roubos, 13%.

E é claro que isso traz consequências bem pouco agradáveis. Segundo a mesma pesquisa, quase um terço das pessoas (com idades entre 16 e 24 anos e que tiveram aparelhos perdidos) sofreu com suas contas online invadidas, 25% perderam definitivamente suas imagens e seus vídeos pessoais e 24% tiveram suas informações pessoais e sigilosas vazadas — com exposição indevida e uso criminoso dos dados.

A pesquisa da Kaspersky Lab também fala sobre as ações tomadas após a perda ou o roubo dos aparelhos. Os dados mais recentes apontam que 40% dos usuários reportaram os fatos à polícia, 29% limparam os dados por meio de aplicativos de acesso remoto e 15% tentaram localizar o dispositivo com softwares especialmente produzidos para isso.

Fabio Assolini (analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil) diz: “Os dispositivos móveis se tornaram fundamentais em nossas vidas, são como amigos que nos acompanham por toda parte. A maioria de nós armazena neles informações sigilosas e pessoais, sejam fotos da família, dados bancários, emails pessoais ou senhas de acesso que usamos diariamente”.

A Kaspersky também fala sobre sua solução de segurança para portáteis: o Kaspersky Internet Security para Android. Além de trazer soluções antimalware, o software conta com proteção antirroubo para garantir a privacidade de aparelhos perdidos ou roubados.

Você já teve algum celular roubado ou perdido? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: