Tem se tornado comum ver empresas que até pouco tempo atrás não eram conhecidas oferecendo cartões de crédito. Nesse grupo, podemos incluir o Nubank, o Controle e agora o Digio, que é propriedade do banco CBSS (uma joint venture do Bradesco e do Banco do Brasil) e vai ser anunciado oficialmente no próximo mês.

Apesar de ainda não ter iniciado suas atividades, a plataforma tem metas ambiciosas. Segundo uma fonte ligada ao projeto, o objetivo é tentar superar a marca de um milhão de cartões espalhados pelo mercado em 2017. Atualmente, o Digio já conta com mais de 150 mil pedidos de cartões, segundo o informante.

Também houve a menção de que a ideia é aproveitar a aceitação do público mais jovem a cartões que oferecem uma boa cesta de serviços sem cobrar tarifas adicionais por isso. Inicialmente, o cartão vai atuar apenas com a bandeira Visa, mas a ideia é que o Digio abrace outras marcas posteriormente, como a Elo (que também é do BB e Bradesco) e o programa de fidelidade Livelo.

Inicialmente, o cartão vai atuar apenas com a bandeira Visa, mas a ideia é que o Digio abrace outras marcas posteriormente, como a Elo (que também é do BB e Bradesco) e o programa de fidelidade Livelo

Atualmente, o Nubank afirma já ter 5,5 milhões de pedidos de cartões, mas nem todos são aprovados, pois a companhia faz uma análise no perfil de crédito do solicitante antes de dizer se está de acordo com a emissão – e apenas uma parte desses pedidos realmente se confirma posteriormente.

Possibilidade de crescimento

Também houve a menção de que, pelo fato de ter dois bancos grandes por trás de suas ações, há chances de que o Digio acabe crescendo mais entre o público pelo fato de poder aprovar um número maior de solicitações. O Nubank, por sua vez, conta com recursos de dois bancos de pequeno porte que não foram revelados.

Cupons de desconto TecMundo: