O Fusion Hybrid foi o carro escolhido pela Ford para iniciar uma pesquisa sobre veículos autônomos em 2016. Hoje, a companhia anunciou que já recebeu autorização para iniciar os testes nas ruas da Califórnia, nos Estados Unidos.

Batizado de "Programa de Teste de Veículos Autônomos da Califórnia", o projeto busca desenvolver novas soluções de mobilidade, conectividade e experiência para os consumidores. Tudo isso também faz parte do Centro de Pesquisa e Inovação da Ford, que tem sede em Palo e possui funcionários nos EUA, China, Alemanha e Austrália.

"Nosso time em Palo Alto cresceu significativamente este ano, usando a pesquisa e inovação para desenvolver as soluções de mobilidade do futuro", disse Mark Fields, presidente mundial da Ford.

As pesquisas realizadas envolvem o test-drive virtual de carros autônomos, sensores de visão 360 graus e sistemas de detecção de pedestres. O test-drive virtual também é usado para estudar a interação entre o carro autônomo e os pedestres — reproduzindo ambientes reais, permite entender melhor e desenvolver soluções para situações inesperadas que podem ocorrer nas ruas.

Para dar uma visão de 360 graus em torno do carro – incluindo sinais de trânsito, outros veículos e pedestres – informações geradas por vários sensores precisam ser fundidas. As câmeras de identificação de pedestres, pela sua importância, são objeto de um projeto à parte.

Você investiria em um carro autônomo? Comente no Fórum do TecMundo