O Ford GT será o primeiro supercarro com para-brisa e tampa traseira, que recobre o motor, confeccionados em Gorilla Glass, o mesmo vidro que reveste smartphones como o HTC One e o Galaxy Note. O material, tão resistente quanto a tecnologia usada pelas fabricantes automotivas da atualidade, é 30% mais leve – o que resulta em quase 5,5 kg a menos no peso total da carroceria.

Segundo Hau Thai-Tang, vice-presidente da Ford, uma direção estável, a frenagem responsiva e o consumo menor de combustível são algumas das vantagens proporcionadas pelo uso do vidro produzido pela Corning. Tudo se deve à redução do centro de gravidade do veículo, o que gera a melhoria de toda a dirigibilidade e a dinâmica do carro.

Conforme explica Paul Linden, engenheiro de carroceria da montadora, os acessórios contam com uma tecnologia híbrida. “Ao contrário do que apregoa a tradição, aprendemos que uma camada interna mais rígida é o segredo para o sucesso do para-brisa híbrido”. Linden se refere ao processo de montagem do novo componente: ao contrário das duas camadas de vidro temperado recheadas por um agente termoplástico, o Gorilla Glass será composto por múltiplas placas.

Tampa que recobre o motor também vai receber a nova tecnologia

Uma camada temperada especial interna, outra termoplástica para a absorção de ruídos e, no exterior, uma placa de vidro temperado são a chave do desenvolvimento de acessórios resistentes, leves e de 25% a 50% mais finos. Com motor plus de 600 cv, o Ford GT deverá ser vendido por US$ 400 mil (cerca de R$ 1,58 milhão). Assista acima a alguns dos testes de resistência aplicados ao Gorilla Glass desenvolvido pela parceria entre Ford e Corning.

 ...

A tela do seu celular está rachada? Como o acidente aconteceu? Comente no Fórum do TecMundo