Está aí uma cena que muita gente não esperava ver acontecendo tão cedo: um policial multando um Google Car. Teria o veículo da Alphabet perdido o controle ou estaria ele atravessando as pistas em velocidades altas demais? Curiosamente, o motivo não é nenhum desses, mas sim o simples fato de ele estar seguindo devagar demais, uma vez que o carro autônomo é limitado a dirigir a um máximo de 25 milhas por hora.

Antes de continuarmos, é bom deixar claro que o veículo não foi multado por isso. Ao que a própria Google explica em seu post no Google+, o carro foi parado por um policial curioso em entender o que estava havendo.

Confira logo abaixo o que a empresa falou sobre o caso:

“Dirigindo muito devagar? Aposto que humanos não são parados por isso com tanta frequência.

Nós limitamos a velocidade de nossos veículos protótipos a 25 milhas por hora por questões de segurança. Nós queremos que eles pareçam amigáveis e receptivos, no lugar de se aproximarem assustadoramente através de ruas da vizinhança.

Como este oficial, pessoas às vezes nos chamam a atenção quando querem saber mais do nosso projeto. Depois de 1.2 milhões de milhas de direção autônoma (que é o equivalente humano a 90 anos de experiência de direção), nós temos orgulho em dizer que nunca fomos multados!”

Como você pode ver, felizmente parece que tivemos um final feliz para esse caso. Mesmo assim, isso levanta uma questão importante: será que as leis de direção dos países estão preparadas para lidar com um carro autônomo? Vamos esperar para ver.

Será que o futuro será dominado por carros autônomos? Comente no Fórum do TecMundo