Durante a conferência Build de 2014, a Microsoft demonstrou como a projeção de conteúdos de smartphones na tela de um automóvel poderia trazer facilidades e vantagens para os motoristas de automóveis. No entanto, na época a companhia não chegou a mencionar como ocorreria a interação com esses elementos — e é essa brecha deixada pela companhia que a assistente de voz Cortana parece preencher.

A empresa demonstrou como a tecnologia pode ser utilizada durante o evento TechDay, promovido nesta quarta-feira (16) em Taiwan. Segundo Samuel Shen, COO da divisão de pesquisas da organização na região Ásia-Pacífico, atualmente estão sendo realizados testes de um protótipo no qual o assistente é integrado aos para-brisas de um carro.

A solução possibilita que os motoristas usem a voz para fazer reservas em restaurantes ou visualizar seus locais favoritos em um mapa virtual. Segundo o Taipei Times, Shen afirma que produtos do tipo não foram lançados devido a seu alto custo, mas a Microsoft espera que o estabelecimento de parcerias com empresas de Taiwan vai permitir explorar melhor essas possibilidades.

Mesmo que esteja prosseguindo em sua interação com automóveis, a companhia ainda não está pronta para trazer recursos do Windows 10 aos carros que utilizamos no cotidiano. Nos últimos anos, a companhia realizou parcerias com nomes como Ford, Kia, BMW, Fiat e Nissan para trazer sistemas inteligentes ao mercado, mas todas elas possuíam características altamente customizadas e restritivas que impediram a consolidação de um padrão único nesse meio.