Existe uma pergunta que paira no ar faz alguns anos: se temos carros elétricos confiáveis há um bom tempo, sendo ecologicamente corretos, qual a razão de a indústria ainda insistir em usar veículos alimentados por gasolina? Independentemente disso, a tecnologia não para no tempo e o próximo passo é carregar a bateria de carros elétricos via wireless.

Uma das empresas líderes neste mercado é a Qualcomm, que já usa o sistema de indução Halo em carros da Fórmula E. Infelizmente, essa tecnologia existente em celulares ainda não chegou ao mercado para os veículos. Contudo, do que depender da Qualcomm, isso não deve durar muito.

A empresa anunciou um negócio com a fabricante suíça Brusa para desenvolver, produzir e fornecer placas Halo. Ou seja, o carregamento por indução em carros pode ser tornar real em pouco tempo.

"A tecnologia vai entregar uma grande evolução, ela vai definir uma nova e sustentável tecnologia, diferente da velha indústria da gasolina. Nós estamos determinados em tornar o carregamento wireless uma realidade", disse o CEO da Brusa, Josef Brusa.