A Land Rover acaba de revelar uma nova tecnologia que promete ser algo ótimo para quem vive levando seu veículo para passear por estradas de terra, pistas esburacadas, caminhos estreitos e passagens tão complicadas que mais fazem parecer que você está em um rali.

Em resumo, trata-se de um software que transforma seu veículo no maior e mais caro carrinho de controle remoto. O sistema, que é controlado através de um aplicativo para celulares, permite que o motorista saia do carro e, por exemplo, dirija o automóvel através de um trecho especialmente difícil, do tipo que pede um controle preciso do deslocamento para evitar arranhões, amassados e outros estragos no veículo.

A esse ponto, muitos devem estar, obviamente, pensando no quão arriscado pode ser um veículo vazio sendo controlado dessa maneira. Afinal, basta que o sinal falhe, que um comando específico trave ou que algo parecido ocorra para fazer o carro sair em disparada desenfreadamente pela estrada, não é? Felizmente, esse não é o caso.

Para evitar qualquer problema desse tipo, um veículo controlado remotamente com essa tecnologia fica limitado a uma velocidade máxima de apenas 5 km/h. Assim, em uma eventualidade, não deve ser muito difícil alcançar o veículo e voltar ao controle normal.

Uma ajuda para todas as horas

Ficou impressionado? Pois saiba que esse é apenas um uso da tecnologia da Land Rover. Como o vídeo também mostra, o aplicativo para celular é uma ajuda e tanto para tirar o carro de uma vaga de garagem especialmente apertada – tão apertada, de fato, que é impossível até mesmo abrir a porta para entrar no carro. Tudo é uma questão de ajeitar as rodas e dar a ré para ter acesso ao veículo normalmente.

Por último, mas não menos importante, a empresa apresentou outra ferramenta extremamente útil de direção automatizada, que permite ao seu carro dar meia-volta sozinho, mesmo em espaços apertados. Basta apertar um botão na interface e deixar que o sistema faça o resto: a caminhonete usada no teste foi capaz de fazer uma curva de 180° sem qualquer ajuda, detectando possíveis pontos de colisão e realizando o número de manobras necessário para terminar o processo.

Antes que você comece a se animar demais com essas tecnologias, no entanto, já avisamos que todas elas ainda são ferramentas em desenvolvimento. E não, elas ainda não possuem uma previsão de serem lançadas nos veículos da Land Rover; quem dirá em outros carros do mercado. Resta esperar e torcer que esse projeto “saia do papel” o quanto antes.