Motoristas do Japão, seus dias estão contados. Em mais uma iniciativa ambiciosa como só os japoneses poderiam ter, o país terá, em breve, táxis e ônibus que não precisam de um condutor (humano). A companhia de internet móvel DeNA e a ZMP Inc., que já é consolidada no mercado por desenvolver tecnologia para veículos autônomos, farão com que a necessidade de um humano controlando os veículos seja obsoleta.

A ideia das duas empresas, segundo apurou o Wall Street Journal, é construir um mercado em que o transporte seja facilitado sem a necessidade de motoristas. A DeNA disse que vai desembolsar dois terços de seu capital para a empreitada, que foi batizada, por enquanto, de “Robot Taxi” (“táxi robótico”, em tradução livre). A ZMP cobriria o restante.

As duas empresas disseram, esta semana, que o investimento vai combinar o “know-how dos serviços de internet da DeNA com a tecnologia de direção automatizada da ZMP”. Dessa forma, táxis e ônibus “robóticos” poderão ver a luz do dia.

Google e outras gigantes trabalham em carros autônomos

A Google Inc. e outras companhias vêm trabalhando para desenvolver carros autônomos. A Uber Technologies Inc., por exemplo, anunciou, em fevereiro deste ano, que fez parceria com a Carnegie Mellon University, conhecida por seu polo tecnológico, a fim de desenvolver carros que não precisassem de motorista e tecnologia de mapeamento.

A DeNA, que fica em Tóquio, no Japão, é conhecida por operar uma enorme plataforma de games mobile e, para quem não sabe, foi com ela que a Nintendo firmou parceria para entrar no ramo de smartphones e tablets.

Já a ZMP é uma startup que desenvolve robôs e tecnologia para veículos autônomos. Ela já recebeu apoio da Sony e de outras gigantes. Agora, está em aliança com a DeNA para trazer, ao Japão, táxis e ônibus sem motoristas. Coitado do Gasparzinho...