Que a Rolls-Royce é uma das marcas mais restritas do mundo, todos nós já sabemos. Os seus carros costumam unir tecnologia de ponta com design único e materiais extremamente caros. Para adquirir algum veículo da montadora, é necessário ter muito, muito dinheiro. Porém, a fabricante agora exige mais uma coisa dos compradores do Phantom Limelight: a fama.

É isso mesmo: a Limelight Collection, uma coleção de 25 Phantons especialmente desenvolvidos, foi "concebida para um grupo selecionado de pessoas que passam a vida sob os olhos do público e no palco do mundo". É exatamente isso que está escrito na nota para imprensa da Rolls-Royce.

No carro, é possível encontrar compartimentos para joias (no lado das mulheres) e relógios (no lado para homens), perfumes e garrafas, descansos para a panturrilha e fibra óptica formando estrelas no teto — sim, também há motor, volante, rodas etc. Ele também vem em dois esquemas de cores, claro e escuro, e tem um preço de US$ 650 mil (cerca de R$ 2 milhões, sem impostos e taxas).

Ou seja, se você é um ricaço e quer um desses, mas não tem a fama necessária, não fique triste: há sempre um lencinho dourado para enxugar as suas lágrimas.