As engrenagens utilizadas nos carros de todo o mundo são feitas com metais pesados e resistentes. Isso é muito importante para que elas continuem em funcionamento após longas quilometragens rodadas, pois estamos falando de atrito pesado e contínuo. Mas será que usar materiais plásticos para a criação de engrenagens pode ser uma solução viável para o mundo do automobilismo?

Cientistas da Universidade Gifu (Japão) afirmam que isso é possível, graças a um novo material desenvolvido por eles, em conjunto com a empresa Central Fine Tool. Eles criaram uma engrenagem com plástico reforçado com fibras de carbono para deixar todo o sistema mais leve — ao mesmo tempo em que não há redução nas capacidades ou mesmo na resistência das peças.

Além disso, também é possível produzir engrenagens plásticas com mais facilidade e com menos custos do que as de metal. Vale lembrar que tudo isso que estamos dizendo também traz uma consequência essencial: redução no consumo de combustíveis. Os criadores do projeto esperam poder ver ele aplicado comercialmente até 2017.