Não há dúvidas de que o passar do tempo fez com que os projetos de engenharia para carros se tornassem cada vez mais ousados. Fãs de velocidade certamente vão se lembrar de um ou outro veículo que realmente chama a atenção, e ampliando essa lista temos o carro-conceito conhecido como Lane Splitter. 

Quem manja de inglês certamente já pegou uma ideia no ar: “split”, na língua falada na terra do Tio Sam, significa dividir, e é exatamente nesse ponto que o Lane Splitter se afasta de muitos modelos já existentes. Como é possível ver nas imagens que estão na galeria que abre esta notícia, estamos falando de um carro que pode se separar e, com essa manobra, se transformar em duas motocicletas. 

O veículo em questão, que tem 3 metros e 25 centímetros de comprimento, possui espaços nas laterais para acoplar à outra metade (o que pode ser feito com o auxílio de apenas um botão), além de cada parte contar com o seu próprio motor elétrico para mantê-la em movimento. O Lane Splitter também apresenta dois volantes, que dão ao condutor mais facilidade para guiá-lo quando cada parte decide seguir um caminho diferente. 

E o equilíbrio? 

Para aqueles que já estão pensando em questões de equilíbrio, houve a menção de que, quando separadas, as rodas da frente se separam um pouco para proporcionar mais estabilidade e melhor centro de gravidade. 

Curtiu o design do Lane Splitter? Vale lembrar que tudo não passa de um conceito, e não há garantias de que tal modelo de carro realmente esteja circulando pelas ruas de várias cidades nos próximos meses ou anos.