A Aston Martin é uma empresa conhecida quando falamos de carros capazes de chamar a atenção do público mais exigente (e, por que não, mais abastado). Basta olhar para alguns modelos já fabricados pela companhia, como o V8 Vantage, o Vanquish e o Virage, apenas para citar alguns exemplos. Ampliando essa lista, a companhia anunciou o seu mais novo bólido: o Vulcan. 

Descrito pela empresa como a sua criação “mais intensa e excitante”, o Vulcan será um dos destaques da empresa no Salão de Genebra, onde será apresentado ao mundo em 3 de março. Uma das principais características do carro, que terá apenas 24 unidades fabricadas e será vendido por 1,5 milhão de libras (aproximadamente R$ 6,6 milhões), é a presença de um motor V12 aspirado de 7,0 litros com potência que pode ser superior a 800 cv. 

Também foi informado que ele conta com estrutura monocoque de fibra de carbono, motor central-traseiro com tração posterior, câmbio sequencial de seis marchas, rodas de 19 polegadas, tubo de torque de magnésio e discos de freio de carbono-cerâmica. 

Outro detalhe divulgado pela empresa é que tanto os amortecedores quanto os estabilizadores, controle de tração e antitravamento dos freios podem ser ajustados de acordo com o gosto do piloto. 

“[O] Aston Martin Vulcan é, por sua natureza, um supercarro raro e eletrizante. Desenhado e concebido para entregar uma experiência de direção genuinamente feita sob medida que se inspirada no nosso legado, esse carro baseia sua força e controle tanto nas capacidades do motorista quanto nas características da pista. Esse é um carro esportivo para amantes da categoria”, explicou Andy Palmer, diretor-executivo da Aston Martin. 

E aí, o que achou do novo carro da Aston Martin? Deixe a sua opinião no espaço destinado aos comentários.