Um design ousado, que mescla linhas inspiradas em modelos como Renault Avantime e o novo Honda CRX. Com pintura semelhante à do BMW i3, o Chevrolet Bolt é o conceito de carro elétrico que promete possibilitar a exploração de novos horizontes à indústria automobilística. O protótipo foi apresentado nesta semana durante a Detroit Auto Show, feira que vai até o dia 25 deste mês no estado norte-americano de Michigan.

Capaz de percorrer mais de 320 Km com apenas uma carga, o veículo teve seu preço cravado em US$ 30 mil (cerca de R$ 80 mil, em conversão direta e desconsiderados os impostos). “A Chevrolet acredita que a ‘eletrificação’ é o pilar do futuro dos meios de transporte e que este ramo precisa ser acessível a um segmento cada vez maior de consumidores”, diz Mary Barra, CEO da General Motors.

E o Chevrolet Bolt promete agradar desde pessoas que usam carros para cumprir tarefas cotidianas até aqueles que possuem “espírito aventureiro”. Acontece que a suspensão e a forma de mapeamento do acelerador podem ser regulados pelos motoristas. O modo de carga DC promete um abastecimento rápido e eficiente; a tela de 10 polegadas do computador de bordo inclui as mais novas tecnologias de monitoramento de desempenho.

Mais informações sobre a produção em série do Chevrolet Bolt não foram divulgadas. Mas o veículo parece já estar em sua fase final de concepção. Ainda segundo Barra, a intenção da montadora é atender os 50 estados dos EUA e levar o carro também a diversos outros mercados globais. "O Bolt EV prova que a General Motors está comprometida com a eletrificação e com as capacidade da avançada tecnologia EV”, afirma.