Os carros elétricos não são, de fato, nenhuma novidade, mas as dificuldades técnicas envolvendo baterias, peso, custo e longos períodos de recarga ainda fazem com que os modelos ecológicos não consigam adentrar no mercado automobilístico de maneira definitiva.

Entretanto, isso não significa que não haja empresas interessadas em investir e resolver os problemas. A Toyota, em parceria com pesquisadores da Toyohashi University of Technology, está trabalhando em um mecanismo para recarregar as baterias dos automóveis através de ondas de rádio.

O equipamento, que transforma as ondas-curtas em energia, utiliza inversores de altíssima velocidade e materiais condutores diretamente nas rodas dos carros, garantindo que boa parte da energia gerada seja entregue às baterias, diminuindo assim a velocidade de descarga.

Reprodução/gizmag

O maior problema com o projeto é que as rodovias precisariam ser modificadas para adicionar as placas metálicas que transmitiriam a energia para os carros compatíveis. Além disso, a eficiência energética ainda não é alta o suficiente como para garantir que os automóveis não precisem mais parar para recarregar. Ou seja, o sistema faria a baterias durarem mais, mas elas ainda se descarregariam.