Durante quatro anos, o CEO da Renovo, Christopher Heiser, e o CFO Jason Stinson trabalharam em segredo no desenvolvimento de um supercarro que usasse a última palavra em tecnologia ao mesmo tempo que honrasse a história das fabricantes norte-americanas. O resultado desse trabalho é uma versão modificada do Shelby Daytona CSX9000, que ganhou motor elétrico e o nome Renovo Coupe.

Apresentado durante o tradicional Pebble Beach Concourse d’Elegance, o veículo é equipado com dois motores elétricos que oferecem uma potência de 500 cavalos e autonomia de 160 quilômetros. “Queríamos um chassis que pudesse aguentar os níveis de performance que tínhamos em mente, mas também desejávamos algo clássico e inegavelmente americano”, afirmou Heiser ao site Jalopnik.

O Renovo Coupe é capaz de alcançar a velocidade de 100 km/h em somente 3,4 segundos e exige aproximadamente 30 minutos para a troca de sua bateria rápida (500 volts) — já a troca nível 2 (240 volts) exige cerca de duas horas de trabalho. Para que o veículo não ficasse muito pesado, a fabricante desenvolveu uma nova tecnologia de baterias de íon-lítio que combina um alto desempenho a uma alta tolerância a grandes temperaturas — o resultado é um modelo esportivo de 1.474 quilos.

A produção do veículo deve ser iniciada no primeiro trimestre de 2015, sendo que as primeiras entregas devem acontecer alguns meses depois disso. Atualmente, a Renovo pretende desenvolver somente quantidades bastante limitadas do carro, cuja venda inicialmente vai estar restrita à Costa Oeste dos Estados Unidos pelo preço inicial de US$ 1,2 milhão por unidade.