No futuro, suas viagens pelas estradas terão uma pitada de cânhamo. Calma, não estamos falando que você deva usar drogas ou algo do gênero, muito pelo contrário. Mas se depender da empresa canadense Motive Industries, os carros do futuro terão a fibra de Cannabis em sua constituição.

A empresa apresentou ao público o Kestrel, um protótipo de carro elétrico. O veículo é indicado para uso na cidade, tem espaço para três passageiros e atinge a velocidade máxima de 90 km/h. Porém, o que mais chama atenção não é o seu combustível, mas sua constituição.

A estrutura do veículo é feita com a fibra do cânhamo. Segundo a empresa, a fibra da Cannabis está entre os materiais mais indicados para a fabricação de peças como essas. Por mais estranho que isso possa parecer, a utilização da fibra da erva para fazer veículos não é exatamente uma novidade.

Visual do carro

Fonte: Motive Industries

Há mais de um século o pioneiro Henry Ford já havia produzido um veículo utilizando a fibra do cânhamo como base. Com o tempo, o aço ganhou maior destaque na indústria e a maconha acabou sendo deixada de lado.

A fibra de cânhamo é duas vezes mais forte que outras fibras e a sua produtividade é alta no país.  Os primeiros modelos do Kestrel devem chegar às lojas em 2011. Os veículos estão sendo produzidos por estudantes de escolas técnicas de cidades canadenses.