A réplica perfeita de Melo (Fonte da imagem: Reprodução/Vrum)

Motor potente, design impecável e um charme que poucos no mundo conseguem oferecer. Essa é uma maneira bem correta de descrever um dos maiores clássicos da indústria automotiva moderna: a Ferrari F40. O carro foi produzido entre 1987 e 1991, sendo considerado um dos modelos mais charmosos já produzidos em Maranello — a cidade italiana em que a Ferrari é sediada.

Como a produção do veículo já foi encerrada, atualmente é muito difícil encontrar algum deles à venda em qualquer lugar do mundo — mas, se você achar, esteja preparado para ver preços que ultrapassam a casa de R$ 1 milhão. Entretanto, desembolsar centenas de milhares de reais não é a única forma de poder dirigir uma Ferrari F40! Isso acontece porque é possível construir sua própria réplica do supercarro.

Está duvidando? Pois há dois brasileiros que fizeram exatamente isso nos últimos anos. Cada um deles montou uma réplica da F40 usando peças de outros carros, partes produzidas especialmente para o modelo e também uma grande dose de paciência — pois todo o processo pode exigir muitos anos de empenho até que seja completado. Quer saber mais sobre isso? Então confira as histórias a seguir.

Paixão automobilística

Você já sonhou em construir algo com suas próprias mãos? Pois o engenheiro mecânico Luiz Humberto Câmara Melo tinha o sonho de fazer um carro. Em 2006 ele pôde começar a fazer isso, escolhendo a Ferrari F40 como modelo para a empreitada. Ele comprou uma miniatura 1:18 do supercarro e começou a construir as peças da carenagem, com a ajuda de projetistas profissionais.

(Fonte da imagem: Reprodução/Vrum)

Embora o bólido tenha a aparência perfeita de uma Ferrari, por baixo da carenagem é possível dizer que ele é uma verdadeira criatura do Dr. Frankenstein. Como informa o site Vrum, a Ferrari de Melo utiliza sistema de direção de um Volkswagen Polo, freios de uma Toyota Hilux e um poderoso motor de um Ford Mustang. Tudo isso ainda conta com o auxílio do câmbio de um Gol GTI, capaz de suportar bem mais do que os 304 cavalos do motor.

É válido dizer que a carroceria da F40 brasileira foi construída com base em moldes tirados a partir de um modelo original. As peças de fibra de vidro tiveram que ser muito bem retrabalhadas, pois o engenheiro afirma que as primeiras peças eram bem distantes do que ele esperava para a réplica. As rodas foram produzidas sob encomenda por uma empresa que fabrica peças para a Stock Car.

Uma réplica nada barata

Renato Castilho é um empresário de 42 anos e dedicou parte dos últimos dez montando uma réplica fiel da Ferrari F40. Para o site da revista Quatro Rodas, Castilho afirma já ter investido mais de R$ 300 mil na construção do projeto — dinheiro que foi gasto em chapas de ferro, fibras de vidro e muitos componentes automotivos, sendo que vários deles são originais da própria montadora italiana.

(Fonte da imagem: Reprodução/Quatro Rodas)

O mais curioso é que Castilho utilizou uma réplica 1:12 como referência para iniciar seu projeto e teve que aprender a realizar modelagens colocando a mão na massa — contando com o auxílio de um laminador de fibra. Por baixo da carenagem da F40 está um motor V6 de 4,2 litros, trazido diretamente de uma Ford F-250. O empresário diz que ainda faltam alguns detalhes, mas ele espera terminar tudo ainda em 2014.

.....

Você gostou de conhecer essas réplicas de Ferrari F40 que foram construídas aqui no Brasil? Se você visse alguma delas passeando pela sua cidade, será que saberia que são cópias ou pensaria que são os carros produzidos nas fábricas oficiais da Itália?