Um motor de 400 cavalos pode ser tudo: potente, robusto, veloz e uma série de outros atributos com que os apaixonados por velocidade e automobilismo já estão mais do que acostumados. Mas é praticamente impossível encontrar alguém que ame velocidade e diga que um motor de 400 cavalos possa pesar apenas 40 kg. E nós diríamos o mesmo, não fosse a Nissan ter acabado de mostrar o novo DIG-T R.

Trata-se de um motor híbrido de altíssimo desempenho, que combina um motor a combustão (gasolina) com um elétrico sem emissão de poluentes. A parte de combustão trabalha com injeção direta e turbo de três cilindros com 1,5 litros. Isso permite que os carros atinjam grandes performances, mesmo com o tamanho reduzido dos motores — são apenas 20 polegadas de altura e 16 polegadas de largura, gerando apenas 40 quilos.

A suplementação de potência fica a cargo do motor elétrico, que é equipado com baterias de lítio e garante melhor aproveitamento da energia oriunda da combustão da gasolina. Essas baterias ainda podem ser facilmente trocadas em alguns veículos, como é o caso do ZEOD RC (Zero Emission On Demand Race Car). Esse carro conceitual deve ser a primeira experiência prática do novo motor DIG-T R.

(Fonte da imagem: Reprodução/Nissan)

Segundo os executivos e engenheiros da Nissan, é bem provável que o ZEOD RC (Zero Emission On Demand Race Car) seja inaugurado na corrida de 24 horas de Le Mans — uma das provas mais charmosas do automobilismo mundial, que reúne fabricantes de todo o mundo para a exibição de tecnologias de carros dentro das pistas. Gostou da ideia da Nissan? Será que os motores híbridos terão bons resultados?