Um carro em forma de rosquinha e que exibe anúncios em suas laterais. Essa é a proposta curiosa do Rolling Stone, um carro-conceito projetado pelo designer russo de automóveis Vitaly Kononov. Parece brincadeira, mas segundo o desenvolvedor o projeto não só funciona como pode ser facilmente adaptado a partir dos motores atuais.

Para construir o Rolling Stone – ou pedra rolando, em uma tradução literal – é preciso remover o motor de um carro e substituí-lo por baterias e motores elétricos. Kononov utilizou a tecnologia futurista EV para projetar o seu veículo.

Apesar do nome, pode ficar tranquilo que o condutor do veículo não sairá rolando de ponta-cabeça por aí. O Rolling Stone possui um sistema com duas rodas embaixo do veículo, movimentadas por motores elétricos à base de baterias recarregáveis localizadas dentro do carro.

Visual do Rolling Stone

Fonte: Roaming Rome Competition

Já as laterais apresentam duas telas de LED que podem ser utilizadas para exibir qualquer imagem que o proprietário desejar, desde vídeos pessoais ou informações que mostrem um pouco de sua personalidade até mesmo vídeos comerciais e propagandas.

Além das duas rodas grandes principais, a base conta ainda com duas rodas menores auxiliares que ajudam o veículo a manter a estabilidade durante o passeio. Outro detalhe interessante fica por conta da maneira de conduzir o veículo pelas ruas.

Visual do Rolling Stone

Fonte: Roaming Rome Competition

Volantes e marchas? Esqueça tudo isso! O Rolling Stone é controlado por uma espécie de joystick, similar ao utilizado nos consoles de video game. O veículo permite a entrada de apenas uma pessoa, mas conta com um espaço para armazenamento de bagagens.

O conforto para o motorista também é outra característica do espaço interno. Dentro há uma tela de LED que exibe imagens captadas pelas câmeras situadas do lado externo do veículo. Isso garante ao condutor maior segurança e compensa a falta de visibilidade das laterais.

Visual do Rolling Stone

Fonte: Roaming Rome Competition

O que você achou do carro-conceito Rolling Stone? Acredita que essa novidade um dia estará circulando nas ruas? Comente.