Se você queria uma Ferrari elétrica, pode ir desistindo da ideia. (Fonte da imagem: Reprodução/Yahoo!)

Enquanto praticamente todas as fabricantes de carros no mundo estão tentando desenvolver tecnologias que possam resultar em um carro sustentável e ao mesmo tempo econômico, a Ferrari não quer saber dessa conversa. O presidente da empresa, Di Montezemolo afirmou que a marca jamais lançará um carro elétrico enquanto ele estiver à frente da companhia.

Mesmo com toda essa determinação em ir na contramão das demais fabricantes, a Ferrari já lançou um carro híbrido, com motores diferentes funcionando em conjunto. Ainda assim, é difícil imaginar que a empresa vá completamente para o outro lado. Não só por conta do presidente, mas também por toda a filosofia de velocidade, luxo e raridade de uma Ferrari, o que não pode ser facilmente alcançado com um motor elétrico.

Falando de forma animada, Di Montezemolo afirmou ainda que a empresa vai diminuir sua capacidade produtiva até o fim deste ano para fabricar apenas 7 mil veículos, tornando a marca ainda mais rara e desejada entre os possíveis compradores.