(Fonte da imagem: iStock)

Já deve ter acontecido o seguinte problema com você que dirige: o carro está na estrada ou rua, você está em uma velocidade normal, possivelmente ouvindo música. De repente, a luz do sol, antes escondida atrás de uma nuvem, prédio ou casa, atinge a sua visão, o assustando com tanta iluminação. Por reflexo, você tira o carro do seu trajeto original, podendo jogá-lo para cima de outros veículos ou para fora da pista, causando acidentes.

Para evitar que esse tipo de problema continue acontecendo, cientistas pretendem criar um mecanismo de identificação para deixar o seu carro dentro da pista. Esse mecanismo seria um simples volante.

Projetado por Eelke Folmer e Burkay Sucu, da Universidade de Reno, em Nevada, o volante emitiria uma vibração, bem perceptível para humanos, que avisaria quando o carro estivesse saindo de seu trajeto, impedindo que viradas bruscas fossem feitas sem querer. A vibração só seria ativada após um sensor de luz, que captaria a iluminação excessiva vinda em direção ao para-brisas.

Até o momento, os testes com o equipamento têm sido satisfatórios, mas ainda é cedo para sabermos se teremos os volantes “salva-vidas” instalados em carros por aí.