Imagem de: Carros elétricos da BMW aquecerão passageiros com raios infravermelhos

Carros elétricos da BMW aquecerão passageiros com raios infravermelhos

1 min de leitura
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Reprodução/SlashGear)

Ar quente é coisa do passado. A moda agora é, segundo a BMW, aquecer passageiros com raios infravermelhos. A empresa está realizando experiências em que os ocupantes de um veículo ficarão aquecidos de uma forma mais precisa e eficiente com o uso desse sistema.

O novo método foi apresentado pela fabricante alemã durante o evento “Innovation Day”. O sistema pretende substituir as formas tradicionais, com aberturas de ar, em favor de superfícies de aquecimento infravermelho que esquentarão diretamente os passageiros.

A promessa da empresa é deixar as pessoas aquecidas em apenas 60 segundos, mesmo nos dias mais frios do inverno. Por não usar ar quente, a nova forma será silenciosa, usará menos energia e obviamente dispensará ventiladores.

Controle individual

A BMW sugere que a tecnologia deverá ser usada como um recurso adicional ao ar condicionado e de forma similar aos bancos aquecidos. O novo método vai ainda permitir que os passageiros controlem seu próprio conforto de forma mais direta.

Isso representa uma economia de energia, pois o carro será capaz de desligar o aquecimento nas partes do veículo não ocupadas por nenhum passageiro. Para veículos elétricos e híbridos, em que minimizar o uso da energia é de fundamental importância (uma vez que isso tem impacto direto no desempenho), o novo sistema da BMW pode representar um benefício significativo.

Fonte: Slash Gear

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Carros elétricos da BMW aquecerão passageiros com raios infravermelhos