Protótipo tailandês faz quase 3 mil km por litro de etanol (Fonte da imagem: National Geographic)

A competição Shell* Eco-marathon Asia acontece anualmente e tem por objetivo encontrar avanços na economia de combustível em automóveis. Ano passado, estudantes tailandeses levaram o título de melhor desempenho por custo com um protótipo capaz de percorrer 2,2 mil quilômetros por litro de etanol. Agora, em 2012, a mesma equipe bate o próprio recorde, atingindo a incrível marca de 2,9 mil km/L, pouco mais que a distância compreendida entre São Paulo e Recife.

Os estudantes da Dhurakij Pubdit University, de Bangkok, aperfeiçoaram o consumo de combustível em 31% e, de acordo com o coordenador da equipe, Dr. Narongdech Keeratipranon, o sucesso da equipe se deve às modificações feitas tanto no motor quanto nos pneus e técnicas de direção do protótipo, que diminuem o atrito entre o veículo e a estrada.

Em entrevista para a National Geographic, o Dr. Keeratipranon faz questão de esclarecer que todo o trabalho foi realizado pelos próprios alunos, desde o design até a criação do motor. Um dos “truques” usados pelos estudantes durante a competição foi o desligamento do motor durante certos trechos do percurso, economizando ainda mais combustível.

A escolha do etanol também foi consciente e está ligada ao fato de que, além de renovável, o combustível pode ser uma diferença estratégica no mercado tailandês, já que o país é um dos maiores exportadores de cana-de-açúcar do mundo. No total, concorreram 119 equipes de 18 países asiáticos.

Fonte: National Geographic