Carros voadores aparecem volta e meia como uma possível solução para o trânsito no futuro, mas veículos assim já são discutidos – e existem – há várias décadas. Agora, um modelo de 1954 colocado à venda pode ser a solução mais rápida para você sair voando daquele congestionamento.

O modelo nas cores amarela e preta é o Taylor Aerocar N-101D, que está sendo vendido pelo colecionador de aeronaves Greg Herrick pelo equivalente a R$ 2,5 milhões. O mais impressionante? Aparentemente, levantar voo com o carro é totalmente possível.

Ele é certificado pela FAA, o órgão que regulariza e libera o voo de aeronaves nos Estados Unidos. Para decolar, além de ter uma reta vazia para pegar velocidade, é preciso abrir as asas, que ficam guardadas na traseira do veículo. O comando é realizado pelo próprio volante do carro e a velocidade média atingida no ar é 160 km/h.

Os problemas? Você precisa de um seguro para automóveis e aeronaves, que somados geram uma despesa bastante alta. Além disso, peças de reposição desse modelo devem custar o mesmo que o carro inteiro.

Fonte: Smithsonian Mag