(Fonte da imagem: Reprodução/CBS News (Foto: Newspress Ltd.))

Carros com linhas futurísticas e conceituais são o que não falta nas feiras de automóveis por todo o mundo, e não foi diferente na Beijing International Auto Show. Um dos modelos mais curiosos expostos na feira de Pequim foi o @Ant, produzido pela montadora chinesa Chery.

O automóvel não possui apenas linhas arrojadas e traços dignos de um filme de Steven Spielberg: todo o conceito do carro é baseado na computação em nuvem, ou seja, os veículos foram feitos para serem conectados uns nos outros como se formassem um grande trem urbano.

Segundo a montadora chinesa, os automóveis conversam uns com os outros e identificam padrões no trajeto. Todos aqueles que estiverem se dirigindo para o mesmo local conectam-se e seguem juntos como se fossem formigas. Tudo é feito automaticamente, e o comboio pode ser formado por até dez veículos.

Como todo conceito, a ideia do @Ant é muito interessante na teoria, mas pouco viável para o mundo real, pois a tecnologia disponível para que o veículo chegue às ruas ainda não evoluiu tanto assim. Para ele funcionar adequadamente, toda a infraestrutura urbana precisa estar de acordo. Mesmo assim, é bom saber que estamos caminhando na direção correta.