Você nunca se perguntou, ao passar por um grafite na rua, como uma só pessoa foi capaz de criar um trabalho tão incrível? Em Oakland, na Califórnia, a resposta é um pouco mais interessante – e envolver a ajuda de um carro-robô com braços mecânicos e canhões de tinta.

Trata-se do primeiro grafite realizado com a ajuda de um robô implantado em um carro com um motor modificado (no caso, o modelo Chevrolet Sonic). Três braços robóticos, sendo um deles uma arma carregada por projéteis similares aos de paintball, ajudaram a desenhar e a colorir uma parede na cidade.

De acordo com o Let’sDoThis, o responsável pelo projeto é Jeff Soto, especialista na decoração de murais. Mesclando a precisão da máquina cedida pela montadora e a criatividade do controlador das ferramentas (que fez alguns dos desenhos por conta própria, claro), o resultado final é de deixar muito artista humano morrendo de inveja.