Em aeronaves, as caixas-pretas gravam conversas e dados sobre o veículo. (Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia)

Quando ocorre um acidente de avião, descobrir a causa dos problemas quase sempre só é possível a partir da caixa-preta, um dispositivo acoplado ao veículo que registra dados e gravações de voz. Mas, se depender do Senado norte-americano, a partir de 2015 os carros também devem ganhar um acessório parecido.

O responsável é um projeto de lei divulgado recentemente nos Estados Unidos que obrigaria as fabricantes de automóveis locais a incluir caixas-pretas nos carros produzidos a partir desse período. O objetivo seria o mesmo da aplicação original: ter acesso a dados como conversas, velocidade e quilometragem de veículos envolvidos em acidentes.

De acordo com o PCWorld, antes que surjam protestos sobre privacidade, o Senado garantiu que a propriedade do conteúdo gravado é do dono do carro ou de quem estiver dirigindo em seu lugar – a não ser que o governo exija a entrega do material para investigações, por exemplo.