Que tal você ir até o posto abastecer o carro com nada mais do que ar? Pois é isso que alguns desenvolvedores e projetistas imaginam para o futuro, com o ar comprimido substituindo os combustíveis fósseis – extremamente nocivos para o nosso planeta.

Apesar de muitas montadoras apresentarem apenas carros conceito e projetos futuristas, há também algumas ideias interessantes e que já podem, de fato, serem pensadas como uma solução para acabar com a poluição gerada pelos veículos.

Pensando nestes automóveis, o site AutoMotto reuniu em uma lista alguns dos projetos mais legais movidos à ar comprimido. Conheça alguns dos carros:

Ku:Rin

(Fonte da imagem: Physorg)

O Ku:Rin, da Toyota, é o carro abastecido por ar comprimido mais rápido do planeta, pelo menos até o momento. O veículo consegue ultrapassar os 129 quilômetros por hora e não emite nenhum tipo de gás poluente.

Infelizmente ele ainda conta com autonomia muito pequena (aproximadamente 3,2 quilômetros), mas a companhia japonesa trabalha firme no desenvolvimento do projeto. Apesar disso, o carro não deve ser produzido em larga escala.

AIRPod

Carro tem um design bastante colorido (Fonte da imagem: AutoMotto)

O AIRPod é um carro-conceito bem pequeno, com três acentos e desenvolvido para ser utilizado nas grandes cidades. O veículo pesa cerca de 220 kg e atinge velocidades de até 64 quilômetros por hora, com uma autonomia de até 220 quilômetros entre um abastecimento e outro.

Outro destaque do automóvel fica por conta do fato de que ele não conta com volante ou pedais, mas sim um joystick que reúne todas as suas funções principais.

Cadillac Aera lightweight concept car

Linhasimponentes e agressivas (Fonte da imagem: AutoMotto)

Com linhas bastante agressivas, o Cadillac Aera lightweight concept car é um carro-conceito apresentado na LA 2010 Auto Shows, competição de design promovida pela General Motors.

A ideia do veículo conta com lugares para quatro pessoas, corpo totalmente desenvolvido em Lattice 3D, e estruturas no tanque de combustível que aguentariam a pressão de ar comprimido em até 10000 psi.

Honda Air

Honda movido à ar comprimido (Fonte da imagem: AutoMotto)

O Honda Air é um carro-conceito que trabalha com a ideia de um veículo com nenhuma emissão de qualquer gás. O desing do carro foi feito inspirado nas wing-suits e ele pesa menos de 500 quilos.

Para fazer o automóvel andar, um regulador pneumático controla o ar comprimido, reaproveitando o combustível e redirecionando a pressão gerada juntamente com o fluxo de ar externo, o que ajudaria a deixar o carro ainda mais potente.

MDI car

Tecnologia mais perto do uso diário (Fonte da imagem: AutoMotto)

O MDI car é a opção mais interessante que aparece na lista. O carro, desenvolvido pelo ex-engenheiro da Fórmula 1 Guy Negre, usa o gás comprimido em um motor alimentado somente por esse combustível. O veículo impressiona pela sua autonomia de até 300 quilômetros entre um abastecimento e outro.

 Além disso, o carro pode atingir a velocidade de 105 quilômetros por hora  e possui um compressor que permite o seu reabastecimento em um período de 3 à 4 horas – basta que ele seja ligado à uma fonte de energia de 220v.