Há tempos que os carros elétricos existem e muitos avanços já foram feitos, mas a visão de veículos limpos e de baixa potência que eles passam ainda não mudou. Até agora. A Quimera, uma pequena empresa de veículos elétricos da Espanha, revelou aquele que poderia ser o “carro elétrico mais poderoso da Terra”, o AEGT01.

O veículo possui a aparência de um superesportivo com direito até a portas “asas de gaivota”, mas a agressividade não está só no exterior. Segundo a Quimera, o seu possante usa baterias de polímero de lítio no lugar de gasolina e três motores elétricos da UQM que, combinados, podem entregar impressionantes 700 HP.

Graças a toda essa potência e ao chassi de fibra “monocoque”, o AEGT01 pode chegar a uma velocidade máxima de 300 km/h, muito acima de qualquer outro carro elétrico (em escala real) já construído, além de ir de 0 a 100 km/h em 3 segundos. O ronco do motor não pode ser ouvido a centenas metros, como acontece com os carros de corrida à combustão, mas também não é tão silencioso assim.

A Quimera planeja disponibilizar o AEGT01 para que pilotos profissionais possam fazer um “test drive”, com o objetivo de demonstrar as capacidades dos carros elétricos de alta performance e incentivar o seu uso no automobilismo.