Ao mesmo tempo que um futuro no qual os veículos autônomos estejam por todos os lados parece apresentar possibilidades promissoras para as nossas rotinas, isso também traz uma série de riscos, com base na maneira como a tecnologia de condução sem motorista funciona hoje. Pensando nisso, o artista James Bridle publicou um vídeo mostrando o que poderia acontecer com um carro sem condutor que se deparasse com uma armadilha simples.

A ideia da peça, chamada Autonomous Trap 001, é mostrar que a tecnologia autônoma possui limitações da forma como é agora. Falando com o site Creators da Vice, Bridle explicou que os automóveis sem motorista precisam ler as faixas pintadas no chão e entendem linhas pontilhadas como mostradores de que a passagem é livre, enquanto traços contínuos servem como barreiras quase intransponíveis. Dessa forma, o círculo na armadilha poderia prender um carro.

O veículo usado na gravação não é autônomo, mas sim um que o próprio Bridle está modificando para inserir tecnologias, de forma que toda a peça serve mais como uma performance do que uma demonstração de algo realmente funcional. “Eu não vejo porque motoristas de táxi não poderiam passar giz nas laterais das ruas para descarrilhar os Uber autônomos que estão tirando seus empregos, e também acho que precisamos de mais mãos e olhos nas ferramentas que estão formando nossos futuros”, disse o autor.