Durante a sua participação no 87º Salão Internacional do Automóvel de Genebra, no início do mês de março, a Goodyear mostrou que, apesar de ser uma empresa bastante tradicional no mercado automotivo, não tem nenhum receito em inovar e pensar – muito – fora da caixa. Afinal, a marca levou ao evento uma série de novas e emergentes tecnologias na forma de pneus-conceito imaginados como soluções poderosas para o futuro do segmento.

Com esses novos projetos, a ideia da companhia, segundo seu comunicado oficial, é “revolucionar a interação entre pneus, veículos e seus entornos”. Para colocar a ideia em prática, a marca apresentou dois conceitos bastante inusitados: o Eagle 360 Urban, um pneu em formato esférico e pronto para vencer qualquer desafio, e o IntelliGrip Urban, um pneu que finalmente pode ser chamado de inteligente.

A Goodyear quer estar presente nos carros do futuro

"O futuro da indústria automotiva está sendo definido por rápidos avanços em tecnologia, assim como por mudanças nas atitudes e no comportamento dos consumidores", afirma Joe Zekoski, vice-presidente sênior e diretor técnico da Goodyear. "Os conceitos e tecnologias que mostramos em Genebra fazem parte da revolução que está acontecendo na intersecção de autonomia, mobilidade e conectividade, onde os pneus e os serviços desempenharão um papel crítico para atender às necessidades de informação e desempenho", destaca o executivo.

Enchendo a bola

A nova edição integra ainda mais o pneu ao sistema nervoso do veículo

Tudo muito bonito e um papo muito interessante, certo? Porém, como será que esses equipamentos funcionariam na prática? Para começar, vamos conferir o Eagle 360 Urban. De acordo com a Goodyear, ele é uma evolução direta do conceito de design esférico da empresa para veículos autônomos apresentado em 2016. A nova edição integra ainda mais o pneu ao sistema nervoso do veículo, que nada mais é que uma espécie de inteligência artificial ou um "cérebro" que permite sentir, decidir, transformar e interagir com as condições do ambiente.

Uma das principais características desse produto com jeitão futurista é o uso de conectividade e das comunicações V2X para coletar e compartilhar informações em tempo real sobre as condições de direção. A proposta é que, a partir de dados gerados e armazenados por pneus, outros veículos, infraestrutura e sistemas de trânsito, seja possível obter um panorama completo de informações desse ecossistema.

A partir daí, a inteligência artificial se dedica a processar dados por meio de algoritmos de aprendizagem a fim de melhorar a frenagem, condução e eficiência do veículo. Como se tudo isso não bastasse, o produto conta com uma pele biônica feita com um polímero superelástico de alta capacidade sensorial elevada e flexibilidade boa o suficiente para adaptar seu padrão de banda de rodagem às condições de direção. O vídeo mais acima dá uma boa ideia do que deve ser possível fazer com o Eagle 360 Urban se ele vier a ser adotado pelo mercado.

Tudo no seu carro precisa ser smart

Abordando outros desafios da indústria, o IntelliGrip Urban é um conceito inteligente de pneu projetado para o transporte autônomo sob demanda. A ideia aqui é apresentar um equipamento com foco na maximização do tempo de atividade e na redução de custos operacionais para provedores de serviços de compartilhamento de viagem.

Embora a proposta seja que o cliente da Goodyear economize, a fabricante em si não poupou recursos na hora de desenvolver essa solução automotiva. Isso porque o brinquedinho traz uma série de tecnologias embutidas, indo desde sensores para coletar e compartilhar informações sobre as condições rodoviárias e climáticas com o sistema de controle do veículo até funções que usam esses dados para otimizar a velocidade, a frenagem, a condução e a estabilidade do automóvel.

A manutenção proativa também faz parte do pacote básico do IntelliGrip Urban, que se mantém em dia por meio de telemetria e monitoramento das condições dos pneus. Com isso, os operadores de frota podem identificar e resolver com precisão quaisquer problemas relacionados às peças antes que eles aconteçam – maximizando o tempo de atividade com cada um dos carros da empresa.

O design do pneu oferece uma maior eficiência em consumo

Por fim, o design alto e fino do pneu oferece uma maior eficiência em consumo de combustível, reduzindo a resistência ao rolamento e ampliando a autonomia de veículos elétricos. Além disso, a menor quantidade de ranhuras na banda de rodagem reduz os níveis de ruído e proporciona uma direção mais confortável e uma vida útil bem mais longa que a dos equipamentos tradicionais disponíveis no varejo. E aí, ficou empolgado com as empreitadas da Goodyear ou espera por um futuro com produtos mais próximos do que vemos hoje em dia?