Em seu esforço para produzir carros autônomos realmente funcionais, a Google está aos poucos “ensinando” seus dispositivos a cumprir tarefas e seguir regras que os humanos usam ao dirigir. Enquanto no mês passado a companhia se dedicou a programar o momento certo em que seus automóveis devem buzinar, agora ela está fazendo com que eles aprendam a reconhecer gestos de ciclistas.

Segundo o mais recente relatório divulgado pela empresa, a integração de sensores onboard permitiu que os veículos aprendessem a reconhecer gestos que indicam quando um ciclista vai fazer uma curva ou mudar de pista. “Ciclistas costumam fazer sinais de mão antes de realizar uma curva, e nosso software é feito para lembrar sinais anteriores para que ele possa antecipar melhor quando isso vai acontecer”, afirma a empresa.

O sistema também foi programado para reconhecer monociclos e bicicletas esportivas, fazendo com que os veículos se mantenham fora das rotas exclusivas para ciclistas. Segundo o relatório, as soluções são competentes o suficiente para reconhecer quem está pedalando no escuro, evitando colisões com essas pessoas.