A divisão de operações especiais da McLaren anunciou a criação de uma versão especial do supercarro 675LT Spider, o MSO Carbon Series LT. No comunicado por meio do qual revelou a novidade, que será limitada a apenas 25 unidades, a empresa também afirmou que todos os veículos produzidos desse modelo já foram vendidos.

De acordo com a companhia, a McLaren Carbon Series LT foi criada para atender aos pedidos de consumidores da marca que ficaram cativados pelo visual do corpo de fibra de carbono do modelo P1 exibido durante o International Geneva Motor Show. O veículo se mantém fiel ao estilo “Longtail” estabelecido pela McLaren F1 no fim da década de 1990, focado em pouco peso e desempenho aerodinâmico otimizado.

“Aplicar fibra de carbono brilhante a todo o corpo do carro aumenta ainda mais sua atratividade para trazer uma beleza brutal para o modelo já existente 675LT Spider, exibindo as habilidades da já citada divisão da McLaren”, destacou a companhia. No total, 40% dos painéis da carcaça do veículo são feitos com o material resistente de peso reduzido.

Por dentro, a Carbon Series LT tem um motor V8 de 3,8 litros capaz de desempenhar 666 cv de potência e 71,34 kgfm de torque, indo de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e atingindo uma velocidade máxima de 327 km/h. Não foram divulgadas informações sobre quanto custou cada unidade da versão especial – algo que não faria muita diferença, já que o modelo já está esgotado.