Lá nos Estados Unidos, a Google está contratando homens e mulheres que aceitem fazer parte dos testes de seus novos carros autônomos. De acordo com um site de empregos norte-americano, no estado do Arizona há vagas para pessoas que optarem por participar do serviço. De acordo com o site, a vaga é para "especialistas de segurança veicular" e paga US$ 20 por hora (cerca de R$ 70).

Há vagas para quem quiser trabalhar seis ou oito horas por dia, sendo que o serviço exige a semana toda de dedicação. Os contratos são de 12 ou 24 meses, e isso significa que é possível ganhar até US$ 84 mil ao final do processo (R$ 292 mil). Mas é bom deixar claro que o serviço não exige apenas que os trabalhadores fiquem passeando em um carro autônomo.

É necessário ter ficha criminal limpa, um bom histórico de direção, consiga escrever pelo menos 40 palavras por minuto e ainda consiga ter capacidade de escrever textos concisos e prover feedback de qualidade aos engenheiros. Além disso, serão feitos testes de direção e de reflexo com os candidatos — para evitar que alguma falha nos sistemas cause acidentes, é claro. A vaga está listada neste link.

Você toparia um trabalho de fiscalizar a segurança de carros autônomos? Comente no Fórum do TecMundo