Testamos o carregador solar portátil USB Solarade

2 min de leitura
Imagem de: Testamos o carregador solar portátil USB Solarade
Avatar do autor

Os carregadores portáteis têm se tornado uma necessidade cada vez maior na mão dos consumidores. Mesmo com os avanços nas baterias de celulares, tablets e smartwatches, ainda é normal chegarmos ao final do dia indo em busca de uma tomada para recarga de energia.

Entretanto, mesmo um carregador portátil depende de uma tomada e, em algumas situações extremas, é possível que até ele deixe você na mão. É justamente para resolver problemas como esse que surgiu o Solarade, um carregador portátil solar capaz de carregar qualquer gadget seu compatível com recarga USB.

O carregador solar portátil USB Solarade foi cedido por empréstimo pela MonkeyBiz para a realização dos nossos testes.

Impossível ser mais simples

Certamente você deve estar acostumado com carregadores portáteis menores, mas nesse caso a terminologia “portabilidade” se adequa bem ao produto. De fato, estamos diante de um dos menores carregadores solares do mercado. Medindo 23 cm (altura) x 16 cm (largura) e com espessura de 1,7 cm, seu formato se assemelha bastante ao de um tablet.

A maior parte do espaço é ocupado pelo painel solar. É ele quem deve ser direcionado diretamente para a luz do sol, de forma a preencher a carga do aparelho. Segundo o fabricante, com 2 horas de luz do sol é possível carregar 100% da bateria de um iPhone 5 (1.444 mAh). A corrente de carga é de 1A.

Tudo o que você precisa fazer é plugar o cabo do seu dispositivo diretamente na saída USB do carregador. E o melhor de tudo é que não há gasto nenhum com energia elétrica, o que torna esta a forma mais econômica e emergencial com a qual você pode contar para deixar a carga dos seus dispositivos em dia.

O modelo conta ainda com uma vareta de suporte, que permite que você possa coloca-lo em pé, de forma a colocar o carregador de forma mais precisa de encontro aos raios solares. Não há segredos ou mistérios. Sua utilização é a mais simples possível e há compatibilidade com praticamente qualquer gadget que possa ser recarregado via USB.

O ponto negativo fica por conta do direcionamento para a luz do sol, característica obrigatória. Não basta deixar o carregador em um ambiente claro e iluminado, é preciso garantir que suas placas solares estarão direcionadas especificamente para os raios solares.

Relação custo-benefício

Se você comparar o valor de investimento de um carregador solar portátil com o de um carregador portátil convencional, certamente vai perceber que os modelos tradicionais oferecem mais mAh por um preço menor. Entretanto, não é dessa forma simples que você deve analisar a questão.

O carregador solar Solarade custa cerca de R$ 340 nas lojas brasileiras. Lá fora, encontramos o mesmo modelo por US$ 96 (o que em conversão direta dá aproximadamente R$ 300). Ou seja, incluindo os impostos, na prática os valores são praticamente os mesmos, um bom indicativo de que é mais interessante comprá-lo por aqui.

Para quem se preocupa com sustentabilidade, o carregador solar da Solarade se mostra uma alternativa ecologicamente viável, uma vez que diminui – ainda que pouco – o consumo de energia elétrica. Infelizmente, no final das contas o valor do investimento ainda é alto para o consumidor, mas essa não deixa de ser uma forma sustentável e inteligente de gerar energia para os seus dispositivos.

O carregador solar portátil USB Solarade pode ser adquirido na loja MonkeyBiz por R$ 340.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Testamos o carregador solar portátil USB Solarade