A Campus Party 2016 conta com dezenas de atrações e palestras interessantíssimas sobre os mais diversos assuntos. Entretanto, na noite da última quarta-feira, a CP viu seu palco principal lotar de uma forma que ainda não havia sido testemunhada no evento. O motivo para isso foi Grant Imahara.

O rapaz é mais conhecido por ter feito parte da equipe do programa “Mythbusters”, mas, na verdade, Imahara é um fenômeno da indústria da tecnologia e engenharia do entretenimento. Durante a palestra, ele contou um pouco sobre sua carreira na ILM (Industrial Light and Magic), que pertenceu à Lucasfilm, do cineasta George Lucas.

Sonho nas estrelas

Imahara sempre foi fã do simpático R2-D2

Foi na ILM que Grant realizou o sonho de sua vida: trabalhar em R2-D2. Ele foi um dos responsáveis por criar uma nova versão (totalmente eletrônica) para o famoso robô. Para quem não sabe, nas obras originais de “Star Wars”, o personagem foi representado pelo ator Kenny Baker, enquanto para a segunda trilogia foram criadas várias versões robóticas do icônico companheiro de Luke e Anakin Skywalker.

Sua experiência na saga de George Lucas não foi só essa. Ele citou algumas curiosidades dos bastidores:

“Eu também fui o responsável por fazer alguns cenários, o problema é que tínhamos que construir tudo do zero e só imaginando como eles deveriam ser, pois, para termos acesso ao script, tínhamos que passar por uma segurança extremamente rígida. Na verdade, só os supervisores podiam ler. Eles assinavam um termo de sigilo se comprometendo a não divulgar nada, entravam em uma sala que era trancada por fora e só então podiam ver algo que pudesse nos ajudar a criar os cenários”, conta.

Não tinha espaço para mais ninguém na palestra de Grant Imahara

Quem via o rapaz explodir coisas em Mythbusters nem imagina que seu currículo seja tão recheado de grandes produções. Além de “Star Wars”, ele também trabalhou em “Matrix”, “O Mundo Perdido: Jurassic Park” e “O Exterminador do Futuro”. 

Imahara fechou sua participação oferecendo algumas dicas para aqueles que querem seguir carreira no campo da tecnologia aplicada à área do entretenimento: ter um mentor, estar disponível para as oportunidades, saber que ter medo é uma parte da equação, procurar pelas respostas e fazer algo louco.

Você já assistiu Mythbusters? Qual foi a melhor experiência que a equipe já fez? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: