(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A Campus Party Brasil 2012 vai ser encerrada com uma palestra de Vince Gerardis, produtor da aclamada série Game of Thrones. Mas o Tecmundo conseguiu se adiantar e realizar uma rápida entrevista exclusiva com ele (no curto tempo que havia antes da palestra), que nos contou alguns detalhes sobre as tecnologias aplicadas na série.

Quando perguntamos o que Gerardis pensava acerca de uma possível produção da segunda temporada de Game of Thrones em 3D, ele respondeu que ainda acha cedo optar pela utilização das três dimensões em uma produção que não será exibida no cinema, devido ao número limitado de residências que poderiam desfrutar das obras. 

Repetindo, nas palavras de Gerardis: "ainda é muito cedo". Ele ainda disse mais sobre o assunto. Para o produtor, as pessoas estão tão acostumadas a assistir televisão, que muitas vezes não conseguem se deixar levar pela magia das três dimensões. "Elas ainda não se acostumaram a colocar os óculos e mergulhar no que estão assistindo".

A luta por maiores resoluções

Quando os DVDs surgiram com as resoluções de 480p, o realismo era impressionante. Pelo menos até a chegada dos Blu-rays, que trouxeram o Full HD. Hoje, o 4K é a tecnologia que todos falam, oferecendo resoluções inimagináveis até poucos anos atrás. Perguntamos para Gerardis se Game of Thrones poderia ser produzido com essa tecnologia em algum momento no futuro (quem sabe um filme da série).

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ele respondeu rapidamente: "quem decide isso é a HBO, pois há uma enorme equipe de marketing na empresa, realizando pesquisas e estudando os públicos para saber se vale a pena ou não investir no novo sistema".

Produções de fãs para fãs

Game of Thrones é uma das mais aclamadas séries dos últimos anos, mas não é somente ela que interessa ao produtor. Agora, Gerardis está abrindo uma "produtora colaborativa", que vai permitir que os fãs participem das obras que serão criadas para eles mesmos. 

Grok Studio deve trabalhar de uma maneira inédita. Vince Gerardis contou para nós que, quando os fãs quiserem criar um filme para colocar ainda mais vida em uma história em quadrinhos, por exemplo, basta que se mobilizem para a arrecadação financeira necessária. 

Isso deve ser muito útil para quem é fã de sagas pouco vistas por produtoras reconhecidas. Sandman é um dos nomes que poderiam ser compreendidos no conceito de groking. No site oficial da produtora (que pode ser acessado por este link), há uma lista das produções que já estão arrecadando fundos para a produção.

O slogan da Grok Studio é "Fan Funding the Entertainment Industry". Em português, isso signifca "Financiamento de Fãs para a Indústria do Entretenimento". E essa é uma excelente forma de resumir o projeto, que pode levar várias obras para as telas, que muitos esperam há anos, mas nunca interessou às grandes empresas.

Apesar de brasileiros também terem a oportunidade de participar, é preciso saber de um detalhe. É Gerardis quem entra em contato com os detentores de direitos autorais de livros, quadrinhos e outros. Por isso, somente depois que ele obtiver os direitos de produção de alguma obra é que será possível começar a pensar em arrecadações para sua obra favorita.

Cupons de desconto TecMundo: