Quem mora em São Paulo deve se lembrar dos famosos telecentros. No início dos anos 2000, eles foram os responsáveis pela introdução de milhares de habitantes a tecnologia e a informática. Em entrevista concedida para os jornalistas na Campus Party, Simão Pedro Chiovetti, secretário de serviços da Prefeitura de São Paulo, revelou que a cidade pretende lançar um edital para a licitação de 12 “laboratórios tecnológicos” ou “fab labs”.

O local será equipado com impressoras 3D, equipamentos de marcenaria e internet móvel, bem como soluções técnicas para que alunos e startups possam criar novos projetos e empreendimentos.

Segundo o secretário, o edital deve estar pronto e ser lançado até o fim desta semana ou da próxima, sendo que os centros já devem estar prontos até o final de 2015. Alguns dos locais atendidos pelos “fab labs” serão a região da Bela Vista e a Casa de Culturas, na Freguesia do Ó. No entanto, há planos para que os estabelecimentos cheguem também em Corinthians Itaquera e na Cidade Tiradentes.

“Antigamente, era muito mais difícil ter um computador, mas isso mudou. Embora tenhamos lançado as praças conectadas, nós queríamos criar ‘telecentros do futuro’”, explicou Chiovetti.

São Paulo de olho no futuro

Além do convite feito para a visitação da Campus Party, Chiovetti defendeu que há um esforço por parte da prefeitura para tornar a cidade mais inteligente, incentivando que os cidadãos e os visitantes do evento circulem por São Paulo.

“Promovemos as hackatonas para criação de aplicativos e instalamos internet no ônibus, além disso desejamos tecnologia na fiscalização de serviços e estamos trabalhando no desenvolvimento desse conceito. Todas essas medidas visam deixar a cidade mais inteligente”, concluiu o secretário.

Cupons de desconto TecMundo: