Mario Teza, diretor da Futura Networks Brasil (Fonte da imagem: Divulgação/Campus Party Brasil)

Em uma atualização publicada na última quarta-feira (17) por Mario Teza, diretor da Futura Networks Brasil, a organização da Campus Party Brasil esclareceu o aumento no preço dos ingressos para a edição 2013 do evento. O principal responsável para o grande salto nos valores cobrados seria a “inflação diferenciada” que afeta o setor de grandes eventos no país.

“Hotéis, passagens aéreas e produção em geral custam mais em função do número elevado de eventos que o Brasil tem recebido. Isso nos afeta e muito. Tivemos situações de reajustes de preços quase inexplicáveis, em alguns casos, na ordem de 300%”, explica Teza em seu texto.

Segundo o diretor da Futura Networks, a organização do evento tem plena consciência de que, com os ajustes, muitas pessoas não poderão participar dele em 2013. Entre as iniciativas citadas por ele para que o impacto dos ingressos não fosse tão grande está a criação da Bolsa Campus, que oferece descontos de 50% a 100% para campuseiros que cumprirem determinados pré-requisitos.

Fonte: Campus Party Brasil

Cupons de desconto TecMundo: